20 setembro 2017

O pianista de Hotel - Rodrigo Guedes de Carvalho


É o segundo livro dele que leio. O primeiro, Mulher em Branco, teve um impacto tremendo em mim. Como passei meses sem ler um único livro (evento raro em mim), a minha querida amiga Di, que me conhece já tão bem, soube que o Rodrigo (permitam-me a familiaridade) seria o autor certo para me agarrar à leitura e ofereceu-me este seu último romance.

E acertou porque devorei cada página, sempre ansiosa por saber mais. Cheguei ao fim com vontade de mais. Mas é sempre assim, este autor deixa-me sempre nesta angústia por acabar o livro sem nos dar um desfecho. Dá-nos uma página em branco para continuarmos, tal como todos os dias o sol nasce e nos traz possibilidades mil de continuar a nossa vida.

Não vou nem começar a reflectir sobre o livro porque por um lado, não quero estragar surpresas para quem o for ler e, por outro, porque tenho demasiado a dizer, sem saber bem onde quero chegar.

Fico-me apenas por um RECOMENDO!




19 setembro 2017

Amores meus


Aromas que me fazem feliz.
Cheiros que me perfumam a alma.

Pão acabado de cozer.
Um livro novo.
Chocolate.
Cheiro a bebé.
Lençóis lavados.

18 setembro 2017

Note to self


Este Inverno tenho de fazer a manutenção da depilação a laser. Seis anos depois, já tenho uns amiguinhos a fazer-me uma companhia desnecessária.

13 setembro 2017

Operação saúde


A minha operação saúde começou há pouco mais de um mês.

Regrei um bocado a minha alimentação mas ainda tenho um longo caminho a percorrer. A maior parte das minhas refeições é saudável: não abuso no sal nem na gordura, opto pelas carnes brancas em detrimento das vermelhas, legumes em vez de hidratos... o problema são as excepções! É que as minhas excepções - as minhas refeições da asneira - são mesmo muito más. Ele é queijo e pão e gelados e chocolates... e nunca chega! Não tenho limites! Mas pronto, começa-se por algum lado e isto há-de melhorar.

Outro problema que eu tenho é com a água: acho que nunca tenho sede (e quando tenho, devo confundir com fome!). Por isso beber água é uma coisa que faço por obrigação... mas tenho-me esforçado para beber 1,5 litros por dia. Nos dias de semana a coisa dá-se. Mas ao fim de semana, interrompida a rotina, é mais difícil... mas estou bem melhor que estava

Finalmente, e a maior conquista, comecei a fazer exercício! Sou uma pessoa sedentária e preguiçosa. É uma combinação terrível! Mas aproveitei que o meu pai gosta de correr para me começar a juntar a ele cerca de 3 vezes por semana para uma hora de treino. Nunca fui fã de corridas e a minha resistência sempre foi das piores coisinhas, mas foco-me naquela hora de treino, seja a correr, seja a caminhar, apenas vou dando o melhor que consigo.

Alguns resultados são já visíveis!
Perdi 1,5kg, a minha pele melhorou imenso (andava com problemas de borbulhas vindas sabe Deus de onde) e sinto-me melhor comigo mesma!
Agora é continuar, aos poucos, a reeducar-me.

12 setembro 2017

10 destinos de férias [parte ii]

Continuando a sonhar com destinos que gostava de conhecer (já que nestas férias não tive direito a grandes planos para os pouquíssimos dias que terei), seguem mais cinco destinos que tenho na minha lista de "um dia vou lá!".

6. Açores
É uma das minhas vergonhas: não ter visitado os Açores. Desde há muito tempo que quero ir lá mas outros lugares vão passando à frente e acabo sempre por adiar. Pode ser que 2018 me traga esta viagem!


7. Paris
Há capitais europeias que são obrigatórias e eu nunca estive em Paris, a cidade do amor, a cidade-luz. É claramente um destino que tenho em mente para um futuro próximo (assim espero!).


8. Japão
Acho que a minha curiosidade do Japão nasceu quando li as Memórias de uma Gueixa. É uma cultura tão diferente... e depois de duas amigas minha terem ido e trazerem uma experiência tão boa, só me fez querer mais ainda! Quem sabe um dia!



9. Brasil
Eu fui uma miúda apaixonadíssima pelas novelas da Globo. Foram anos e anos a acompanhá-las e a saber o nome dos actores e das personagens e as histórias e tudo e tudo e tudo. Como não ficar fascinada com as imagens deslumbrantes daquelas cidades?


10. Maldivas
Nunca tinha pensado em viajar até às Maldivas até à altura de escolher o destino da lua de mel. Acabámos por nos decidir pela Maurícia e contrariamente ao que eu pensava, que um destino praticamente só de praia e descanso ia ser um bocado chato, descobri que era bem capaz de me habituar àquela vida! Por isso, numa próxima lua de mel para celebrar outras bodas quaisquer, as Maldivas bem que podiam ser o destino escolhido (haja tempo e dinheiro!).


E pronto, sonhar (ainda) não paga impostos!

11 setembro 2017

10 destinos de férias [parte i]

As duas semanas de férias que tinha marcadas com o R. tiveram de ser desmarcadas por motivos de trabalho (dele). Quando acabar o projecto dele, lá para a segunda quinzena de Setembro, começa a minha época mais crítica no trabalho. Com este panorama, estou a a agradecer a todos os santinhos pela semana de férias que já tivemos porque pouco mais vou ter neste Verão.

Mas uma mulher pode sonhar, não é?
E, de vez em quando, para combater a desmotivação de estar semana após semana fechada no escritório, ponho-me a pesquisar destinos de férias... e seleccionei 10 que gostava muito de visitar e que espero concretizar nos próximos anos!

1. Marrocos
Não fica uma viagem cara nem obriga a grandes voos. Apesar de ficar perto, oferece um contraste cultural muito grande e é um destino que permite tanto cidade como praia!



2. Praga
Há muitos anos que me deixei encantar pelas imagens de Praga. Não sei se é o romantismo dos edifícios se a serenidade do rio ou a magia das cúpulas... mas fico sempre encantada!





3. México
Desde que experimentei férias de praia, sol e descanso, percebi que isto de andar em correrias de um lado para o outro para ver tudo quanto é museu e monumentos é muito giro, mas sol, praia e descanso também é bem bom! Nesses destinos, o México parece-me um bom compromisso entre praias bonitas com algo mais para explorar.


4. Santorini
As imagens desta ilha grega deixam-me sempre com um certo encantamento. Não sei se é do azul do mar que a rodeia se as casinhas brancas que contrastam com o mar... o que sei é que é um destino que está guardado para um dia visitar.



5. Bali
Para Bali podia deixar as fotografias falar pro si próprias. Mas este destino fascina-me de tantas formas! Não dá para negar a beleza natural que se encerrará em cada canto e depois há uma componente mais astral que também me seduz... como se fosse um destino que nos ajudasse a encontrar a nós mesmos, a encontrar um equilíbrio e uma serenidade dentro de nós...





Agora tenho de ir ali chorar um bocadinho porque não vou para lado nenhum e amanhã mostro-vos os outros cinco!
Já conhecem algum destes destinos?
Vá, façam-me inveja!

/*pinterest hover button~